jump to navigation

Itália Junho 14, 2007

Posted by pin142 in Uncategorized.
add a comment

língua-Italiano

Moeda euro

População- 57. 37 milhões

Superficie- 301 302 km2

Capital-roma

História

Esta região influenciou bastante o desenvolvimento

cultural e social de toda a Europa mediterrânea, bem como teve muita influência sobre a cultura europeia. Importantes culturas e civilizações existiram na região desde tempos pré-históricos. Importantes civilizações incluem a Magna Grécia e a civilização etrusca, que dominaram esta parte do mundo durante séculos, e especialmente o Império Romano, que estendeu seus limites sobre a maior parte do continente europeu, o norte da África e o Oriente Médio.

Após a queda do Império Romano do Ocidente em 476, a província italiana foi governada por uma série de reis bárbaros, até ao século VI, quando os Estados Papais foram criados, com a capital em Roma, sob o comando da Igreja Católica Em 776, a Lombardia foi conquistada por Carlos Magno, que foi coroado imperador da Lombardia e do Sacro Império Romano-Germánico em 800, pelo Papa Leão III.

A partir do século X, as cidades do norte do que hoje é a Itália passaram a ficar mais independentes entre si, tornando-se centros políticos importantes. Tornando-se cidades-estados, ao longo da Idade Média e do Renascimento, exerceriam grande influência sobre o panorama cultural e económico do continente europeu. O Estado de San Marino é um remanescente dessas cidades-estado.

A Itália tornou-se uma nação unida em 17 de Março de 1861, quando a maior parte das cidades-estado foram unidas sobre o comando do Rei Vítor Emanuel II, do Piemonte. Os arquitetos da Unificação italiana foram o Conde de Cavour, o ministro-chefe de Vítor Emanuel, e Giuseppe Garibaldi, um general e herói italiano. Roma ficaria sob o comando do Papado por mais uma década, até 20 de Setembro de 1870. O Vaticano é um país independente, um enclave totalmente cercado pela cidade de Roma, e um remanescente dos antigos Estados Papais.

O governo ditatorial de Benito Mussolini, em 1922, culminou com uma aliança com a Alemanha e o Japão, e a consequente formação do Eixo, que levaria à derrota italiana na Segunda Guerra Mundial. Em 2 de Junho de 1946, um referendo resultou na abolição da monarquia e na instalação de uma república, que culminou com a adopção de uma nova constituição em 1 de Janeiro de 1948.

A Itália foi um membro fundador da OTAN, fundada em 4 de Abril de 1949, e da União Europeia, criada entre 1952 e 1958. Em 14 de Dezembro de 1955, a Itália tornou-se um membro da Organização das Nações Unidas. O país, desde então, juntou-se à crescente unificação económica e política da Europa Ocidental. Um exemplo disto foi a introdução do Euro como moeda oficial do país, em 1999, substituindo a antiga lira italiana.

Geografia

A Itália é um país europeu, localizado no sul do continente, ocupando a quase totalidade da Península Itálica, mais as ilhas da Sardenha e Sicília. A capital da Itália é Roma, que é também a maior cidade do país. Ela compreende o vale do rio Pó, a Península Itálica e as duas maiores ilhas no mar Mediterrâneo, a Sicília e a Sardenha. Possui o formato aproximado de uma bota e por esse motivo os italianos comummente chamam-na de “lo stivale” (“a bota“), ou la Penisola (“a Península” como uma antonomásia). A fundação do Estado italiano moderno remonta à Unificação, completada em 1870. O Estado italiano é actualmente uma república parlamentarista.

A Itália compartilha o seu limite alpino do norte com a França, a Suíça, a Áustria e a Eslovénia. O país também compartilha uma fronteira marítima através do mar Adriático com a Croácia, a Eslovénia e a França. Os países independentes de San Marino e a Cidade do Vaticano são enclaves no território italiano. Também pertence ao país a comuna de Campione d’Italia, um enclave no território da Suíça de língua italiana.

Economia

A economia da Itália é a 7ª maior do mundo, e a 4ª maior da Europa. [1], quando medida pelo seu PIB PPC. A economia italiana é altamente diversificada, possuindo um rendimento total e per-capita mais ou menos próximo ao da França, do Reino Unido e da Alemanha. Esta economia capitalista permanece dividida entre um norte altamente industrializado e desenvolvido, dominado por empresas privadas; e um sul dependente da agricultura, e menos desenvolvido, com uma taxa de desemprego de 20%. Por comparação com os vizinhos da Europa Ocidental, tem um grande número de Pequenas e Médias Empresas PMEs. A maior parte das matérias-primas necessárias à indústria e mais de 75% da energia são importadas.

Durante a última década, a Itália seguiu uma política fiscal apertada a fim de cumprir os critérios da União Económica e Monetária e beneficiou de taxas de juros e de inflação mais baixas, levando à adesão ao Euro desde o início, em 1999.

A performance económica de Itália tem vindo a atrasar-se em relação aos seus parceiros da UE, e o actual governo pôs em prática numerosas reformas de curto prazo destinadas a aumentar a competitividade e o crescimento a longo prazo da economia. Apesar disso, tem andado devagar na implementação de reformas estruturais consideradas necessárias pelos economistas neoliberais, como a diminuição dos impostos, a flexibilização das leis que regem o mercado de trabalho e a reforma do sistema de pensões, por causa do abrandamento económico em curso e da oposição dos sindicatos.

Clima

O clima da Itália pode variar de região para região. O norte italiano (Milão, Turim e Bolonha) tem um clima Continental, quando abaixo de Florença apresenta o clima Mediterrâneo. O clima das áreas litorais da Península é muito diferente do interior, particularmente nos meses de Inverno. As áreas mais elevadas são frias, húmidas e frequentemente recebem a precipitação de neve. As regiões litorais têm um clima Mediterrâneo típico com Invernos suaves e verões quentes, geralmente secos. Há diferenças notáveis nas temperaturas, sobretudo durante o Inverno: em certos dias em Dezembro ou Janeiro pode-se nevar em Milão a -2°C, quando em Palermo ou Nápoles as temperaturas então em +17°C. Certas manhãs, Turim pode amanhecer com -12°C, quando no mesmo tempo Roma se encontra com +6°C e Reggio Calabria +12°C. No verão a diferença é mais clara, a costa leste não está tão húmida como a costa ocidental, mas no Inverno está geralmente mais fria. Nos meses de Inverno os Apeninos podem receber neve nos meses frios.

Alemanha Junho 14, 2007

Posted by pin142 in Uncategorized.
add a comment

Argentina Junho 12, 2007

Posted by pin142 in Uncategorized.
add a comment

Língua oficial:Espanhol

Governo:Republica presidencialista

Presidente:Néstor Kirchner

Moeda:Peso argentino

Independencia: 9 de Julho de 1816

A Argentina (nome oficial: República Argentina) é um país da América do Sul, limitado a norte pela Bolívia e pelo Paraguai, a leste pelo Brasil, pelo Uruguai e pelo Oceano Atlântico,a sul pelo Estreito de Drake e a sul e a oeste pelo Chile. Sua capital é a cidade de Buenos Aires. O Estado argentino é uma república federal presidencialista. É o país da América Latina com o maior PIB per capita (no critério PPC, no critério nominal é 5º, sendo o Brasil o primeiro. ver:Lista de países por PIB nominal per capita) e mais elevado IDH. É conhecida pelo governo do país como a Nación Argentina (do espanhol, Nação Argentina), para muitas propostas legais.

Por sua extensão, a Argentina é o segundo maior país em tamanho da América do Sul depois do Brasil e o oitavo do mundo. Ocupa uma área de superfície continental de 2.766.890 km²(1.078.000 km²) entre a cordilheira dos Andes ao oeste e o Oceano Atlântico Sul a leste e sul. O país reivindica o territórios britânicos controlados das Ilhas Malvinas(inglês: Falkland Islands) e das Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul. Sob a denominação de Antártica Argentina, ela reivindica 96.464 km² da Antártica, abrangendo outras reivindicações feitas pelo Chile e pelo Reino Unido.

História

A História da Argentina tem início com a chegada dos primeiros seres humanos à região, estimada em 11.000 anos a.C. A região noroeste de seu atual território formava parte do Império Inca e as pampas eram dominadas por ameríndios nômades. Em fevereiro de 1516 o navegante espanhol Juan Díaz de Solís pilotou sua embarcação ao estuário do Rio da Prata e reclamou a região em nome da Espanha. A colonização espanhola se deu ao longo dos séculos XVI e XVII. O nome Argentina vem de argentum, prata em latim, visto a grande quantidade do metal encontrada na região junto aos indígenas. A independência da Espanha ocorreu em 1816 e deu origem a inúmeras disputas internas. A proclamação da primeira Constituição se deu em 1853, ainda hoje vigente, com as modificações ocorridas em 1994. Ao longo da metade do século XIX até metade da década de 40 a história do país foi marcada por conflitos internos entre conservadores militares e liberais civis, merecendo destaque o início do movimento peronista ao final da Segunda Guerra Mundial. Entre 1955 e 1983 alternaram-se no poder inúmeros presidentes civis e militares, com golpes frequentes e implantação de ditaduras violentas. Desde então a democracia argentina vem acompanhada de grande desordem econômica, que atingiu seu extremo durante a presidência de Fernando de la Rúa com uma recessão sem precedentes no país.

Geografia

Sua superfície total legal é de 3 745 247 km², dos quais 2 780 400 km² correspondem ao continente americano e 964 847 km² ao continente antártico. No entanto, fontes argentinas oficiais e extra-oficiais continuam considerando como territórios as Malvinas e ilhas adjacentes, elevando a superfície total para 3 761 274 km².

A Argentina é o oitavo maior país do mundo e o quarto maior da América (depois de Canadá, Estados Unidos da América e Brasil).

A Argentina pode ser dividida esquematicamente em três partes: as planícies férteis das Pampas na metade norte do país, que são o centro da riqueza agrícola da Argentina, o planalto da Patagónia na metade sul até à Terra do Fogo, por vezes plano, por vezes ondulado, e a escarpada cordilheira dos Andes ao longo da fronteira ocidental com o Chile, cujo ponto mais elevado é o monte Aconcágua, com 6 960 m de altura.

Os rios principais são o Paraguai, o Bermejo, o rio Colorado (Argentina)Colorado, o Uruguai e o maior de todos: o Paraná. Os dois últimos juntam-se antes de desaguar no oceano Atlântico formando o estuário do Rio de la Plata. O clima argentino é em geral temperado, com os extremos a ir do subtropica a norte, ao árido/sub-antártico no extremo sul.

Regiões Geográficas

  • Pampa: Cobre a região centro-oriental do país. É uma imensa planície de intensa exploração agropecuária. Clima temperado e úmido.
  • Mesopotamia: onde se localiza a selva subtropical e a bacia hidrográfica formada pelos rios Uruguai e Paraná. Clima subtropical.
  • Nordeste: compreende as terras do Chaco argentino, ricas em madeira. Clima cálido e úmido.
  • Noroeste: solo montanhoso rico em minerais. Clima cálido e desértico.
  • Cuyo: Região andina de montanhas férteis apropriadas à cultura da vinha, com abundantes fontes de águas minerais e termais. Clima temperado.
  • Patagônia: É um planalto localizado ao sul do país, cuja paisagem é dominada por lagos, bosques e geleiras. Clima frio e úmido.

Fronteiras e Pontos Extremos

A área total de fronteiras é de 9376 km, que tocam cinco países vizinhos: Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai. A maior fronteira é com o Chile (5150 km), ao longo de toda a Cordilheira dos Andes.

Ao norte limita com a Bolívia e o Paraguai, e o extremo setentrional está na confluência dos rios Grande (província de San Juan ) e rio Mojinere (província de Jujuy).

Ao sul limita com o Chile e o Oceano Atlântico, sendo que o extremo meridional é o Cabo San Pío, situado na Ilha Grande (província de Tierra del Fuego, Antártida e Islas del Atlántico Sur).

A leste limita com o Brasil, o Uruguai e o Oceano Atlântico. O ponto extremo oriental está localizado no nordeste do município de Bernardo de Irigoyen (província de Misiones).

A oeste limita com o Chile. O ponto extremo ocidental está localizado entre o Cerro Agassis e o Cerro Bolados, no Parque Nacional Los Glaciares (Provínciade Santa Cruz).

Politica

Após a revisão de 1994, a Constituição da Argentina estabelece a separação dos poderes executivo, legislativo e judicial (Brasil: judiciário), quer ao nível nacional, quer ao nível provincial. O presidente e o vice-presidente são eleitos por sufrágio universal para mandatos de 4 anos, sendo apenas uma reeleição consecutiva permitida. O presidente (Presidente de la Nación Argentina) é ao mesmo tempo o chefe de estado e o chefe de governo. É ele que nomeia livremente os ministros e, em caso de “urgência e necessidade”, pode legislar por decreto.

O parlamento da Argentina (o Congreso Nacional) tem duas câmaras: o Senado com 72 lugares e a Câmara de Deputados (Cámara de Diputados) com 257 membros. Desde 2001, os senadores são eleitos por sufrágio universal em cada província. Cada província, incluindo a Capital Federal, tem direito a 3 senadores, que cumprem mandatos de 6 anos. Um terço dos lugares do Senado vão a eleições de dois em dois anos. Os membros da Câmara de Deputados são eleitos para mandatos de 4 anos.

Chile Junho 12, 2007

Posted by pin142 in Uncategorized.
add a comment

Língua oficial: Castelhano

Governo: Republica Democrática

Capital: Santiago

Presidente: Michelle Bachelet

Moeda: Peso chileno

Independência: iniciada: 18 de Setembro de 1810 

                      Declarada: 12 de Fevereiro de 1818O

Chile é um país localizado no sudoeste da América do Sul, limitado a norte pelo Peru, a leste pela Bolívia e pela Argentina, a sul pelo Estreito de Drake e a oeste pelo Oceano Pacífico. Além do território continental e das muitas ilhas a ele próximas, em especial no sul do país, o Chile inclui também algumas ilhas oceânicas: a Ilha de Páscoa, a ilha Sala y Gómez, o Arquipélago Juan Fernández e as Ilhas Desventuradas. É ainda no Chile que se localiza a ponta sul da América do Sul: o Cabo Horn, que é simultaneamente o ponto mais próximo da Antárctida. Também no Chile está o que é considerado o lugar mais seco do planeta: o Deserto do Atacama.O Deserto do Atacama fica localizado em San Pedro do Atacama e tem 200 km de extensão, é considerado o deserto mais árido de todo o planeta.

História

Os primeiros europeus a chegarem na terra que é hoje o Chile foi o grupo liderado por Diego de Almagro, o Velho. A primeira cidade fundada pelos europeus nessa região povoada pelos incas foi Santiago, em 1541.A proclamação da república do Chile ocorreu no dia 12 de fevereiro de 1818.Durante o período das presidências do Partido Radical (1938-1952), o Estado chileno aumentou sua participação na economia nacional. Em 1952, após três presidências radicais (Pedro Aguirre Cerda (1938-1941), Juan Antonio Ríos (1942-1946) e Gabriel González Videla (1946-1952), retornou à Presidência o general Carlos Ibáñez del Campo, que havia sido ditador do Chile entre 1927 e 1931. Jorge Alessandri sucedeu Ibáñez em 1958, derrotando o socialista Salvador Allende por uma estreita margem de votos.As eleições presidenciais de 1964 levaram à presidência o fundador do Partido Democrata Cristão, Eduardo Frei Montalva, que derrotou o socialista Salvador Allende e o radical “Julio Durán”. Frei governou com o slogan “Revolución en Libertad” pondo em prática um programa de reformas sociais e econômicas, que, entre outras medidas, contemplou reformas no sistema educacional, construção de casas populares, sindicalização dos trabalhadores rurais e a reforma agrária. No entanto, a partir de 1967 Frei encontrou uma crescente oposição por parte dos setores mais à esquerda, que o acusavam de ser tímido nas reformas, bem como uma forte oposição dos setores mais conservadores, que achavam tais reformas demasiado excessivas.     

Geografia 

O clima do Chile varia dramaticamente entre o subtropical no norte, passando pelo mais árido deserto do planeta, o deserto de Atacama, por um vale fértil no centro até um sul frio e húmido, coberto por florestas. As características mediterrânicas do vale central tornam-no ideal para o cultivo de frutos de mesa, uma das maiores exportações do Chile, e para a produção de vinho, também uma exportação importante. .Politica O Chile é uma República Democrática (constituição aprovada por plebiscito em 1980).

Politica

O Presidente é o chefe do poder executivo e é eleito por um período de 4 anos ou mais anos,sem reeleição. No momento, pela primeira vez, é uma mulher que está na presidência, Michelle Bachelet.O Parlamento é composto pelo Senado e pela Câmara de Deputados:

  • Senado: 40 membros eleitos (com reeleição), 8 designados, 1 vitalício (ex-presidente da República) para período de 8 anos. No ano de 2005 foram eliminados os membros designados e o vitalício, através de uma reforma na “constitução”.
  • Câmara dos Deputados: 120 membros eleitos por período de 4 anos,com reeleição.

Austrália Maio 17, 2007

Posted by pin142 in Uncategorized.
add a comment

                                                                                                           

Bandeira da Austrália


                                                                    http://pt.wikipedia.org/wiki/Imagem:Flag_of_Australia.svg

Ficha técnica 

Língua oficial : Inglês

Capital: Camberra

Maiores cidades: Sydney, Brisbane, e Gold Coast

Governo: Monarquia constitucional 

Raínha: Elizabeth II

Governador-geral: Machael jeffery

Primeiro-ministro: John Howard

Hino: Advance Austrália Fair                              

Moeda: Dólar australiano

Austrália no mapa-mundi 

 Austrália no mapa-mundi 

 História 

 A Austrália faz parte do continente mais novo do mundo – a Oceânia. Apesar de ser habitada por aborígenes há mais de 40 000 anos, somente há 2 séculos se iniciou a sua colonização por europeus. Geograficamente para o mundo a Austrália era um continente invisível, uma vasta terra que estranhamente foi desconsiderada pelos cartógrafos sem nada que justificasse a sua ausência no mapa-múndi.Segundo algumas versões, portugueses  e holandeses, bem como outros povos, passavam ao largo da costa e, no entanto, nunca acharam convidativa uma possível colonização.É dois séculos depois que o Capitão inglês James Cook é enviado para fazer uma expedição científica neste desconhecido lugar. Conta a história que a 28 de Abril de 1770, após circunvagar o continente, desembarca finalmente na costa leste australiana. Continua a viagem para norte, e, a 22 de Agosto do mesmo ano, proclama a posse do território, a que se deu o nome de New South Wales, Iniciava-se assim a colonização inglesa da Austrália. No começo, esta era feita apenas com o objectivo de “esvaziar” as cadeias britânicas. Os condenados, após cumprirem a sua pena em solo australiano, recebiam uma pequena parcela de terra, isso desde que não houvessem habitantes nativos nelas, aos poucos foi-se ampliando o domínio dos ex-saqueadores ingleses naquele vasto e desprotegido continente até que por volta de 1950 o censo mundial estimou, a população australiana em menos de 5.000.000 habitantes. 

Política 

 A Austrália é uma Monarquia Constitucional, sendo a Chefe de Estado a rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Elizabeth II. O chefe de governo é representado pelo Primeiro-Ministro, sendo vigente o regime parlamentarista  Estados A Austrália é um estado federal constituído por seis estados e cinco territórios. 

Estados Unidos da América (EUA) Abril 19, 2007

Posted by pin142 in Países do Mundo.
2 comments

usa.jpg

                             http://www.kliv.com/images/OldGlory.gif

Ficha Técnica

Língua oficial: Inglês 

Capital: Washington, DC 

Presidente (actual): George W. Bush 

Área (total): 9.629.091 Km2 

População (censo de 2006): 300.007.997

Moeda: Dólar Americano

Hino nacional: The Star-spangled Banner

Geografia

Sendo o terceiro maior país do mundo em extensão territorial, a paisagem dos Estados Unidos varia de região a região. O país possui grandes florestas temperadas na costa leste, e no noroeste, pantanaisna Florida, grandes planícies e o sistema fluvial do Mississippi-Missourina região central, as Montanhas Rochosas a oeste das planícies, desertose zonas costeiras a oeste das Montanhas Rochosas, e florestashúmidas temperadas no noroeste da costa do Pacífico. As regiões árcticas ao norte do Alascae as ilhas vulcânicasdo Havai aumentam ainda a diversidade geográfica e climática do país. O mapa político dos Estados Unidos está dividido em três distintas secções: O Alasca, conectado em terra apenas com o Canadá, à leste; o Havai, um arquipélago localizado no meio do Oceano Pacífico, e os Estados Unidos Continentais, que compreendem os 48 Estados localizados na América do Norte. A fronteira dos Estados Unidos Continentais com o Canadá é a mais longa fronteira não defendida do mundo. Os Estados Unidos possuem três fronteiras terrestres, duas com o Canadá (norte dos 48 Estados continentais e a leste do Alasca) e uma com o México. Também faz fronteira com a Rússia, a oeste do Alasca, através do Estreito de Bering. 

Clima

Devido à grande extensão territorial dos Estados Unidos, o climado país varia muito, de região à região. A Florida possui um clima tropical, enquanto o Alasca possui um clima polar. Vastas porções do país têm um clima continental, com verões quentes e invernos frios. Algumas partes dos Estados Unidos, em particular partes da Califórnia, têm um clima mediterrâneo. No geral, porém, a maior parte dos Estados Unidos possui um clima temperado ou subtropical, marcado por quatro distintas estações, com mudanças regulares de temperatura e precipitação.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.